quinta-feira, 15 de abril de 2010

Cristo - 30 x 40


3 comentários:

  1. Semsibilidade. Esta é a sua essência, que de tão pura consegue captar o mistério de um olhar, a leveza de uma flor, o clima de uma paisagem, o barulho do mar. Seu percursso na arte é contínuo e pertinaz, sua satisfação é a insatisfação do aprender, conhecer, pesquisar, sentir...
    Não é simplesmente mais um Cristo. É a pintura do Cristo por Ernandes.

    A amiga de sempre.

    ResponderExcluir
  2. Ernandes, a Ira escreveu tudo e de uma maneira linda... sou péssima com as palavras,mas admiro seu trabalho e cada vez fica melhor, e sei que faz tudo isso com muito amor, dedicação e fora o dom que tem. Afinal só poderia surgir este resultado maravilhosoooooo!!

    ResponderExcluir
  3. Muito legal a expressão de cansaço dada nesta obra. Além disso, gostei das "queimadura" causadas pelo sol, do tecido não ter um corte definido e sim ser tipo rasgado.
    www.rascunhosergio.blogspot.com

    ResponderExcluir